sábado, 30 de junho de 2012

Atualização Junho 2012

Passando aqui super rápido para deixar a atualizaçao do mês de julho. No sábado farei uma atualização melhor!






Desculpem o sumiço! Estes últimos meses foram de muito trabalho.. e o resultado será visto no aporte de agosto! =)

Espero em breve voltar a frequentar a blogosfera!

Bjs

sábado, 23 de junho de 2012

A independência financeira é o seu único objetivo?

Olá, pessoal..

Junho foi um mês meio turbulento, acabei ficando doente e fiquei quase 10 dias de molho.. =(
O lado bom foi que pude ler vários blogs e matérias em sites e de repente, pensei:
Será que toda essa comunidade blogueira tem como único objetivo a independência financeira?
Digo isto porque ao longo da vida é natural que façamos algumas aquisições importantes e que demandam/comprometem nossas economias, como o tão sonhado apê próprio, troca de carro, primeiro carro zero, viagem para Europa.. Enfim..
Pensei nisso porque penso e desejo a IF ao mesmo tempo que penso e desejo todas estas outras coisas..rsrss

Li em um site, na coluna de economia, que muitos poupadores costumam alocar seus recursos de acordo com seus objetivos de curto/médio/longo prazo.. Assim, conseguem planejar sua IF em paralelo à realização de sonhos, como "A" viagem de férias...

Queria saber de vcs se isso acontecesse.. se separam as alocações de acordo com objetivos ou se guardam única e exclusivamente com foco na IF.
Se separam os recursos - como isso é feito?
Andei pensando em separar minhas "economias" pensando em curto/médio/longo prazo...Será que dá certo?
Pensei em alocar 10% para o curto prazo ( que seria o famoso "colchão"), 20% para médio prazo e o restante para o longo prazo.. o que acham?

é isso.. desculpem a ausência.. semana que vem postarei os resultados do mês de junho!

Bom fds! Beijos

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Livro: Investimentos - Mauro Halfeld

Olá!

Dentre tantas leituras que ando fazendo sobre educação financeira, resolvi compartilhar com vocês a resenha deste livro.

Sem sombra de dúvidas ele é muito bom! Prático e direto Mauro Halfeld passeia por diversos assuntos como : Ações, Prazeres e riscos dos negócios próprios, como administrar riscos, aposentadoria, cálculos financeiros, dívidas e renda fixa.
Como falei, este livro é bem prático e por isso, bem resumido.. O autor se preocupou em conceituar alguns termos de economia e explorou muito bem gráficos e tabelas. Além disso, colocou diversas dicas espalhadas entre os capítulos. É um livro de linguagem bem simples ( para leigos) e recheado de conceitos que enriquecem a leitura e o aprendizado do leitor. Muito bom pra quem está começando a ter seus primeiros contatos com estes assuntos. E também muito bom para quem já está mais inserido porque traz excelentes gráficos e tem um capítulo dedicado à matemática financeira..(ensina a calcular juros..).. Enfim, vale a pena!!

Aproveitando o ensejo, como o livro se dispõe a falar um pouco de cada assunto, algumas informações ( na minha opinião) precisavam ser melhor exploradas, ou seja, deixam dúvidas.. Em um organograma, o autor questiona: "Devo investir em ações diretamente ou em fundos?"

A partir desta pergunta, ele disponibliza um esquema disposto da seguinte forma:

Quanto você tem para investir?

A) Menos de 30 mil - Invista só em fundos de ações
B Entre 30 e 100 mil - Gosta de acompanhar o mercado e selecionar ações? Se a resposta for sim: Invista a metade em ações e a outra metade em fundos de ações . Se a resposta for não: Invista só em fundos.
C) Mais de 100 mil - Se desejar você pode fazer sua própria carteira de ações.


Aí é que nascem as dúvidas:

Por que quem tem menos de 30 mil deve investir somente em fundos de ações?
Quer dizer que se eu tiver 31 mil posso investir em ações? ( considerando que acompanho a economia)
Se eu tiver mais de 100 mil devo montar minha carteira de ações e não investir em fundos?

Afinal de contas, por que a quantia de dinheiro deve ser levada em consideração na hora de investir em fundos ou diretamente nas ações? ( considerando que meu conhecimento sobre o mercado de ações não está diretamente relacionado à quantia de dinheiro que tenho)

Compartilhem as opiniões de vocês e me ajudem a decifrar este enigma! =)

Beijos a todos e bom feriado!

sábado, 2 de junho de 2012

Fechamento mês de maio


Olá!

Este mês não consegui aportar os R$ 2.400 que tinha programado devido a gastos extras que não estava esperando. Contudo, aportei R$ 2.000 e pretendo no mês de julho, compensar com um aporte maior pois devo receber parte do 13 salário..


CDB
R$ 6561,03
LCI
R$ 2015,18
Poupança
R$ 638,34
Fundo de Investimento
R$ 1344,61



Usando a tabela do ADP, consegui organizar meus aportes e a retirada em fevereiro ( para pagar viagem que fiz em janeiro...). A rentabilidade está melhorando pois comecei a investir em CDBs e LCI de bancos menores neste mês.. parece pouco, mas já considero algum avanço já que, através da leitura de alguns livros, hoje consigo discernir o que é taxa de administração, como funciona a cobrança de IR sobre os investimentos e assim por diante.. Desta forma, descobri bons investimentos em renda fixa. ( Que é onde pretendo alocar meu $$ até o final deste ano, pelo menos).
Para quem não sabe, só "despertei" neste ramo no início de janeiro deste ano, por isso, meus investimentos e o meu blog ainda são "café com leite"..rsrsrs


A novidade boa foi que consegui ( finalmente) abrir minha conta na corretora e em junho estou pretendendo aportar em TD.





Assim, minha perspectiva para 2012 continua mantida, confome o gráfico:


A outra boa novidade foi que (finalmente) consegui convencer meu irmão a colocar o $$ que ele guardava na gaveta do armário dele, na poupança do banco. Eu sei que isso não é lá grande coisa, mas foi um avanço e tanto! Ele sempre disse que o banco roubaria o $$ dele.. rsrsrrs
Para conseguir tamanha façanha sentei com ele e fiz diversos cálculos mostrando o rendimento da poupança, do CDB e da LCI.. mas como o $$ dele é pouco, decidimos esperar até o final do ano, quando esperamos juntar uns R$ 2.000 e com isso, poderemos investir em algo melhor mais pra frente.

Bem, é isso.. espero entrar no ranking do Pobretão... isso vai servir (e muito!) de estímulo para continuar a caminhada!

Abraços e beijos!